Gustavo Fernandes de Castro Dias

Resumo:

A presente dissertação tem como objetivo realizar um “estado da arte” da produção acadêmica sobre políticas de ação afirmativa para negros no ensino superior brasileiro, em especial as cotas raciais, além de sistemas de distribuição de bolsas. Para isso, foram mapeadas 17 teses e dissertações que contém estudos de caso sobre a implementação desses sistemas em determinadas instituições de ensino, políticas essas que visam democratizar o acesso ao ensino superior e, assim, abrir caminhos na luta contra o racismo e a desigualdade racial existente no Brasil. Este mapeamento busca realizar um balanço geral do que já foi produzido sobre essa questão no âmbito da pós-graduação, com o intuito de produzir um acúmulo de conhecimento que auxilie na construção futura de uma agenda de pesquisa sobre o assunto. A opção por enfocar apenas em teses e dissertações se deu através das constatações de que, primeiro, não há nenhum estudo que vise realizar esse tipo de balanço e, segundo, trata-se de uma área constantemente negligenciada pelo resto da literatura sobre o assunto. A leitura destes trabalhos revelou dois eixos de análise centrais, nas quais os estudos foram divididos em, de um lado, as teses e dissertações que investigaram como se deram os processos de implementação das cotas raciais no Brasil e, do outro, os que pesquisaram os impactos da política de cotas raciais no ensino superior. Os resultados deste “estado da arte” revelaram elementos que contradizem algumas das premissas reproduzidas por acadêmicos no desenrolar do polêmico debate sobre as cotas raciais, iniciado no começo desse século, além de ter possibilitado traçar algumas perguntas e indagações que podem vir a ser retomadas em investigações futuras sobre o assunto.

Palavras-chave:

Cotas raciais;ensino superior;relações raciais;desigualdade racial;educação

Abstract:

This dissertation intends to develop a “state of art” about the academic research on affirmative action for blacks in Brazilian higher education, particularly racial quotas, in addition to grants distribution system. To this end, we analyzed 17 theses and dissertations containing case studies on the implementation of such systems in certain educational institutions. These policies were constructed with the intention of democratizing the access to higher education and thus paved the way in the fight against racism and racial inequality in Brazil. This mapping seeks to accomplish a general assessment of what has been produced on this matter in the postgraduation area, in order to produce a buildup of knowledge that may help in the future construction of a research agenda on the subject. The decision to focus only on theses and dissertations was made based on the findings that, first, there is no study aiming to achieve that kind of work, and second, it is an area often neglected by the rest of the literature on the subject. An analysis of these works revealed two axes of analysis, in which the studies were divided into, on the one hand, the theses and dissertations investigating how the processes of racial quotas implementation were conducted in Brazil and, on the other, those who researched the policy impacts of racial quotas in higher education. The findings of this “state of the art” revealed elements that contradict some of the premises replicated by scholars in the course of the controversial debate on racial quotas, which started at the beginning of this century, and has made it possible to trace some questions and inquiries that may be resumed in future research on the subject.

Keywords:

racial quotas;education

Orientador:

GRAZIELLA MORAES DIAS DA SILVA