Banca examinadora

José Ricardo Ramalho
Neide Esterci
Yvonne Maggie

Resumo

O trabalho ocupa um lugar fundamental na formação e organização da sociedade moçambicana, no século XX. Esta dissertação discute, a partir das políticas dos governos colonial (Português) e pós-colonial (Frelimo), as circunstâncias em que surgem as diferentes formas e concepções, cem como as implicações que a questão de trabalho teve para os trabalhadores e para a sociedade moçambicana. Trata também da influência do trabalho na sociedade, que se pretendeu implantar, ao longo deste século, principalmente através das políticas de Estado. Neste sentido, se refere à maneira através da qual, as comunidades africanas teriam sido coagidas a fazerem parte das novas relações de produção que implicaram na sua transformação em trabalhadores assalariados. Dá atenção também à instituição sindical que, nos dois períodos –  com ênfase nos sindicatos do regime socialista por terem representado um novo modelo de organização da sociedade, baseada em moldes coletivos – foi criada pelo Estado parra o trabalho.  

ABSTRACT

Labour occupies a fundamental place in the formation and organization of the mozambican society in the twentieth century. This dissertation discusses, based on the policies of the colonial (portuguese) and post-colonial (Frelimo) governments, the circumstances in which they emerged, the different forms and conceptions, as well as the implications of the question of the labour to workers and to society. It also analyses the influence of labour in the organization of societiy whose settlement, during this century, was based on State policies. In this sense, labour refers to the way african communities were coerced to integrate in the new relations of production, which means their transformation into wage earners. Moreover, the dissertation deals with trade unions in both phases and the way they were created by the State. More emphasis is given to trade unions during the socialist regime, which represented a new model of social organization, based on collective patterns.