Banca examinadora

Profa. Maria Laura Cavalcanti, Presidente
Profa. Karina Kuschnir
Prof. Luiz Felipe Ferreira

Resumo

O trabalho lida com as redes de relações sociais estabelecidas pelos componentes de uma escola de samba no processo de preparação do seu carnaval. Para tanto foi escolhida uma pequena escola carioca da Ilha do Governador: O Acadêmicos do Dendê e a pesquisa de campo foi desenvolvida entre setembro de 2008 e maio de 2009. As relações do Dendê com as outras duas escolas da Ilha do Governador, bem como as formas de expressão simbólica do pertencimento ao bairro são aqui tomadas como objeto de análise. A memória da história da escola, vinculada à memória de seus desfiles e o fabrico das alegorias no barracão, elemento central no atual formato dos desfiles serão o ponto de partida para observação dessas relações. Nesse percurso observaremos o comportamento dos mediadores das redes de relações sociais nos processos de sociabilidade dentro da escola. Para tanto os conflitos ocorridos durante a preparação e os desdobramentos do desfile enquanto situações sociais são tomadas sob a perspectiva de “dramas sociais” em uma tentativa de iluminar o processo de reflexão.