A presente dissertação tem como objetivo analisar a movimentação sindical em Volta Redonda, importante pólo industrial fluminense, a partir da trajetória do Sindicato dos Metalúrgicos da região. Aceitando que a privatização da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) propiciou um significativo impacto no movimento sindical da região, buscamos identificar quais foram as respostas dados por trabalhadores e sindicalistas no cenário pós-privatização. Acreditamos, ainda, que a trajetória dos metalúrgicos de Volta Redonda pode constituir-se como importante referência nas discussões acerca dos caminhos trilhados pelo sindicalismo brasileiro no século XXI.

 

Banca Examinadora:
Prof. Marco Aurélio Santana, Presidente
Profa. Elina Pessanha
Prof. Paulo Fontes