Banca examinadora

Maria Lina Leão Teixeira
José Reginaldo Santos Gonçalves
Maria Laura Viveiros de Castro Cavalcanti
Elina Gonçalves da Fonte Pessanha

Resumo

O objetivo deste trabalho é perceber os estereótipos negativos imputados aos grupos religiosos afro-brasileiros em um jornal popular durante a década de 50 na cidade do Rio de Janeiro (jornal “O DIA”). Através da análise e comparação de dois “espaços” distintos e complementares do jornal (notícias policiais e artigos umbandistas) foi possível entender como se estruturam e se mantém crenças e atitudes que reforçam o preconceito racial e religioso no Brasil. O eixo condutor desta pesquisa foi a compreensão de que o termo “macumba” pode ter múltiplos significados, segundo o grupo social que o utiliza.

ABSTRACT

The objective of this work is the understanding of the negative stereotupes imputed to the afro-brazilian religious groups in a popular newspaper during the 50’s in Rio de Janeiro (“O DIA”) newspaper). Through the analysis and comparison of two distinct and complementaries “spaces” of this newspaper (police news and umbandista articles) , it was possible to understand how beliefs and attitudes that reforce the racial and religious prejudices are made. The conductor axis of this work was the multiple social utilization of the term “macumba”.