Banca examinadora

Bila Sorj
Madel T. Luz
Alice Rangel de Paiva Abreu
Suely Souza de Almeida
José Ricardo Garcia Pereira Ramalho

Resumo

O estudo teve como linha de pesquisa as relações de gênero no campo profissional da medicina. Muitas publicações que tratam da inserção da mulher no mercado de trabalho, o fazem destacando a sua entrada em setores pouco prestigiados. Entretanto, observa-se um fenômeno contemporâneo da escolha feminina por carreiras mais conceituadas e concorridas. A medicina é uma delas e com um tradição marcadamente masculina.
O ponto de maior interesse no estudo foi a segmentação por sexo na escolha da especialidade. A trajetória de homens e mulheres mostra-se sem grandes diferenças em toda a formação até que médicos e médicas se definam por uma especialidade. O objetivo foi analisar, a partir daí, os significados e imagens relativas ao universo feminino e masculino incorporados por esses sujeitos, como se desdobram no espaço profissional e buscar uma melhor compreensão dos comportamentos sociais, envolvendo a construção dos papéis sociais. Ao mesmo tempo observar como esses significados afetam a prática médica.

ABSTRACT

The study’s research line was the gender relationshps in the professional field of medicine. Many publications that deal with woman’s insertion in the work market do it emphasizing her entry in less influential sectors. However, a contemporary phenomenon of female choice for highly regarded and highly disputed careers has been observed. Medicine, whose tradition is markedly masculine, is one of them.
The point of greatest interest in the study was the segmentation by sex in the choice of a specialty. The path followed by men and women does not show great differences throughout the formative years until male and female doctors define a specialty for themselves. Based on this fact, the object was to analyze the meanings referring to female and male universe incoporated by these subjects, how they develop themselves in the professional field and to search for a better understanding of social roles. At the same time, we aimed at observing how these meanings affect medical practice.