Priscila dos Santos Barroso

Banca examinadora

Profa. Bila Sorj, Presidente
Profa. Aparecida Fonseca Moraes
Profa. Myrian Lins e Barros

 

Resumo

A dissertação pretende aprofundar o entendimento sobre a dinâmica e a estruturação das redes de suportes envolvendo famílias monoparentais femininas, parentes, vizinhos, amigos e ex-cônjuges.

Investigamos o fluxo das trocas, pontos de tensões e os elementos que estão imbricados nas redes, isto é, procuramos compreender: quem são os agentes mais engajados nas relações de trocas; quais os elementos implicados na divisão social das trocas; como o gênero estrutura as redes; e se as relações de trocas podem produzir conflitos e tensões entre os componentes das redes de suportes.De acordo com os estudos acadêmicos circula nas redes de trocas recursos monetários, bens materiais e imateriais, serviços e suporte emocional. Percebemos que a dádiva tece as relações de troca porém estas não se referem somente a objetos e serviços. Foi possível notar que dimensões simbólicas gravitam em torno dos bens materiais e imateriais e determinam o caráter das trocas.Palavras-chave: famílias monoparentais femininas, gênero, relações de trocas, bens materiais e imateriais, dimensões simbólicas.