Ana Paula da Silva

Banca examinadora

 Profa.Yvonne Maggie (orientadora)
Prof. Peter Fry
Profa. Simoni Lauhd Guedes
Prof. Luiz Henrique Toledo
Profa. Denise Ferreira da Silva

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo entender os discursos raciais construídos no Brasil ao longo de cinqüenta anos, analisando um exemplo particular: alguns fatos importantes da trajetória de vida de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé. Dentro deste contexto, procuro pesquisar a forma como este personagem construí-se como uma das figuras mais importantes da vida nacional e também o rosto que representa o Brasil no cenário internacional, como o jogador de futebol e que atualmente sua fama é reproduzida através de comerciais em que é “garoto-propaganda” em diversos paises. Neste sentido, a intenção é compreender como este ex-atleta prolongou sua fama ao longo destes anos e também como a permanência de sua imagem ao longo dos anos provocou e ainda suscita debates acerca das questões raciais no contexto brasileiro. Argumento que Pelé em muitos momentos da história foi uma figura que interligou vários discursos raciais que eram discutidos no senso comum, a intelectualidade e também entre os formadores de opinião. Por esta razão, o ex-jogador de futebol fomenta grandes polêmicas em relação a seus posicionamentos na vida nacional e provoca um debate acalorado em torno das questões raciais candentes.

Palavras-chave: discursos raciais, modernidade, intelectuais, complexo de “vira-lata”, Pelé.