Fabiana Xavier Ramos

A partir da década de 1990 as relações entre as entidades sem fins lucrativos (ESFL) e o Poder Executivo se tornaram mais frequentes e visíveis, principalmente pelo aumento de parcerias para execução de Políticas Públicas. Se diversos estudos investigam as parcerias entre a Sociedade Civil e o Executivo, existem poucas pesquisas dedicadas às relações entre Sociedade Civil e o Poder Legislativo. O foco deste trabalho são as emendas orçamentárias individuais, instrumento através do qual os deputados e senadores podem destinar verbas para ESFL. A pesquisa explora as emendas orçamentárias elaboradas pelos deputados federais do Rio de Janeiro e Pernambuco para as ESFL atuantes em cada um dos estados. Para tal análise, são utilizados os dados disponibilizados através da base de dados online do SIGA BRASIL, durante o período de 2005 a 2011.

 

Banca examinadora:
Profa. Graziella Moraes, Presidente;
Profa. Elisa Reis;
Prof. Felix Lopez.