Banca examinadora

Maria Laura Viveiros de Castro Cavalcanti
José Reginaldo Gonçalves
Gilberto Velho

Resumo

Esta dissertação resulta de um trabalho de campo realizado entre os anos de 1993 e 1997, junto a artistas e espectadores de espetáculos de rua do Largo da Carioca, no centro do Rio. Aqui discuto as interações que estes estabelecem entre si, a partir da análise de suas falas e comportamentos. Parto da hipótese de que tais espetáculos criam na praça pública um mundo especial de brincadeira, ironia e riso popular, dentro qual a rotina da cidade é suspensa. Cria-se um tipo especial de comunicação entre os indivíduos, caracterizado pela utilização de formas especiais de vocabulário e pela eliminação das distâncias que os separa na vida cotidiana. Discuto o deslocamento operado por tais espetáculos com relação ao cotidiano da vida urbana, através da perspectiva dos ritos de passagem e da noção de performance.

ABSTRACT

This thesis results from a field work developed between 1993 and 1997 close to artists and spectators of street shows located in Largo da Carioca in Rio city downtown. I discuss the interactions established by themselves from their speeches and behavior analysis. I start from the hypothesis which those street shows create in public squares a special word for fun, irony and popular laughing within which the city routine emerges. A special kind of communication between individuals is created which is caracterized by a special usage of vocabulary and by the elimination of distances which set them apart in daily life. I discuss the displacement worked by those street shows in relation of the daily urban life through the perspective of the rite de passage and the notion of performance.