Christina Vital da Cunha

Banca examinadora

Regina Célia Reyes Novaes
Beatriz Maria Alasia de Heredia
Marcos Alvito Pereira de Souza

Resumo

Em 1996, Acari, após um momento de grande violência ocasionada pelo conflito entre traficantes e pelos constantes confrontes entre esses e a polícia, sofreu uma “ocupação policial”. Neste trabalho apropriei-me do termo ocupação, próprio do jargão policial, como forma de remeter aquele fenômeno a um outro ocorrido na mesma localidade, a saber, crescimento evangélico. Entre os anos de 1997 e 2001, os templos evangélicos apresentaram um crescimento da ordem aproximada de 46%. Atualmente, existem 54 templos religiosos dos quais 46 são de denominações evangélicas.

Através da realização de entrevistas em profundidade, de um censo das instituições religiosas e da etnografia verificamos que uma conjugação de fenômenos e agentes foi responsável, em alguma medida, para as mudanças sociais observadas nas formas de sociabilidade, no incremento da microeconomia local, na utilização do espaço físico e social e nas motivações e justificativas de voto.

ABSTRACT

In the year of 1996, Acari, a slum located in Rio de Janeiro, passed through a moment of huge violence. This disturbing period, caused by the conflicts between drug dealers and police, ended with a police force occupation.In the present study the term occupation, very common in police jargon, is used as a reference to another phenomenon that has been occurring in the same community: the rising rate of evangelicals.

In the 1997-2001 period, the increase of evangelical temples reached the rate of 46 percent. Nowadays, 46 of the 54 religious temples located in Acari are evangelical institutions.Based on qualified interviews, the religious institutions census and the ethnography, the present study suggests that a combination of certain facts and agents was responsible, in a certain way, for important social changes in Acari. These transformations have figured in several aspects: sociability, improvement of the local economy, utilization of the social and physical space and in the motivation and justification of the voter.