Banca examinadora 

Profa. Eljse Lagrou (Presidente)
Prof. Marco Antonio Gonçalves
Profa. Maria Laura Cavalcanti
Profa. Tânia Stolze Lima
Profa. Luisa Elvira Belaunde

Resumo

Esta tese aborda a estética minimalista dos Ashaninka do Oeste Amazônico a partir dos objetos fabricados e sua relação com desenhos, corpos e temas míticos que se organizam ao redor dos dois grandes eixos em torno dos quais gira a cosmovisão Ashaninka: a procura pela imortalidade e a fragilidade do amor. O belo consiste no equilíbrio entre o pensar (o estilo de vida Ashaninka é marcado pela observação e pela reflexão) e o fazer, onde a história guerreira sempre funcionou como pano de fundo para o modo como se constituiu a pessoa Ashaninka. É a força latente que se acarinha, constituindo esta o ideal da estética da arte corporal.

Palavras-Chave: Ashaninka, estética, antropologia da arte, etnoarte, corporalidade, construção da pessoa, estilo de vida, agência.