Lia de Mattos Rocha


Banca examinadora

José Ricardo G. P. Ramalho
Alice Rangel de Paiva Abreu
Marco Aurélio Santana

Resumo

objetivo deste trabalho é compreender como as novas exigências em relação ao trabalhador, resultantes das reestruturações produtivas ocorridas nas últimas décadas, são apreendidas no processo produtivo tanto pelos trabalhadores quanto pela gerência, a partir do novo paradigma de qualificação – centrado na questão da competência e em novos atributos, capacidades e habilidades. Pretende observar quais as características que o setor automotivo privilegia na contratação de seus empregados, como essas características são compreendidas pelos trabalhadores e pela gerência e como os trabalhadores vivenciam esses novos atributos no chão de fábrica. Busca ainda compreender como esses trabalhadores são treinados e como a gerência lança mão dessas características no processo da produção. O caso escolhido para a realização desse trabalho é a planta da Volkswagen instalada na região de Resende (no Sul fluminense) desde 1996, organizada de forma a inserir os fornecedores dentro de um “Consórcio Modular”, modificando de forma radical a relação entre-firmas.


ABSTRACT

The goal of this dissertation is to understand how the new qualifications demand are apprehended both by workers and managers inside the production processes. These new demands are consequences of the productive restructuring that has been in course during the last decades an are related to the new qualification paradigm – based on the concept of “competence” and on the requirement of new capacities and abilities. This dissertation intends to discuss which characteristics the automotive sector searches when hiring its workers, how workers and management comprehend these characteristics and how workers deal with this attribute in the production line. The analysis are based on the case-study of a Volkswagen’s plant installed in Resende (Rio de Janeiro’s south region) since 1996, organized in a “Modular System”, a system that changed deeply the relation between the enterprise and its subcontractors.