Mayra Salgado Poubel

Esta pesquisa procura analisar a relação entre um bairro e uma escola de samba do bairro de Vila Isabel localizados na cidade do Rio de Janeiro (RJ), vislumbrando as múltiplas relações que se constituem a partir da convivência dos indivíduos no bairro e nas atividades promovidas pela escola de samba. Observação participante e entrevistas formais e informais foram elementos importantes para a análise e construção de resultados que tiveram como abordagem teórica um diálogo com os estudos de antropologia urbana e do carnaval. A etnografia foi o elemento responsável pelo processo de se entender a metrópole a partir da experiência daqueles que nela vivem. O resultado obtido foi o de que os moradores do bairro de Vila Isabel compartilham de alguma forma, dos mesmos atributos e qualidades. O bairro de Vila Isabel não é, assim, uma simples expressão geográfica e sim uma vizinhança: sua história se converte em sentimentos e tradições vividos por seus moradores. Vila Isabel foi se tornando assim, a partir da agência dos seus moradores, uma localidade possuidora de características e história própria que são preservadas e exaltadas por seus moradores enquanto particularidade do bairro. Este forte sentimento de pertencimento é utilizado pela diretoria da escola de samba para mobilizar seus componentes em torno de uma causa comum: as alas da comunidade. A falta de definição e falta de limites bem definidos do que é comunidade de Vila Isabel faz com que todos sejam. Isto é, comunidade acaba sendo uma denominação que engloba a todos que se sentirem participantes. As pessoas de uma mesma localidade têm na escola de samba o estabelecimento de discursos e práticas em comum, e pertencer a uma mesma escola de samba influencia e dá significados compartilhados pelas pessoas envolvidas. O gosto pelo carnaval e pelo samba, o gosto pelos bares e pela feijoada, e os laços de vizinhança instauram redes de relações ancoradas numa presença constante em um determinado espaço. Surgem assim relações de sociabilidade criadas a partir de pertencimentos em comum.

 

Banca Examinadora:
Profa. Maria Laura Cavalcanti, Presidente
Profa. Karina Kuschnir
Prof. Nilton Santos