Resumo:

A tese empreende uma análise antropológica sobre os objetos descartados, usualmente chamados de “lixo”. Para isso, foi adotada como proposta teóricometodológica enfocar a materialidade dos objetos, colocando as coisas como ponto de partida e ancoragem da observação. O trabalho constitui-se em uma etnografia centrada no universo dos catadores de materiais recicláveis de Jardim Gramacho, bairro do município de Duque de Caxias (região metropolitana do Rio de Janeiro). O campo foi desenvolvido em uma associação de catadores da localidade, situada próximo ao aterro de resíduos existente no bairro. A etnografia analisa a economia dos recicláveis a partir das práticas diversas que compunham o processo de recriação do valor das coisas operado pelos catadores em um circuito comercial específico. A análise das atividades e dos desafios que constituíam a gestão da organização, mediada por relações interpessoais dinâmicas e permeada por conflitos, compõe o quadro para a reflexão sobre a formalização da categoria a partir de um novo marco regulatório. O universo etnográfico, durante o desenvolvimento da pesquisa, foi marcado por um período de transição em vista do fechamento do aterro de resíduos e a consequente interrupção da atividade dos catadores no local. Em vista disso, a etnografia enfoca a atividade política das lideranças e as negociações em torno do fechamento do aterro, a partir de uma problemática da representação. Nesse processo, a performance aparece como chave conceitual para a análise da atuação dos catadores em meio a uma disputa na qual a visibilidade constituía um dos principais recursos e instrumentos de luta. Por fim, a reconfiguração da gestão de resíduos no Rio de Janeiro vira objeto de reflexão, a partir da contextualização do padrão de gestão adotado e suas relações com os modelos de desenvolvimento que marcam o capitalismo no século XXI.

Palavras-chave:

catadores; gestão de resíduos; reciclagem; associativismo; cooperativas

Abstract:

This thesis analyzes the subject of discarded material, usually known as “trash”, from an anthropological perspective. The theoretical and methodological approach adopted involved focusing on the materiality of objects, taking things as the starting point and the anchor for observations. The study is an ethnographic one and is centered on the universe of collectors of recyclable material, known as catadores, in Jardim Gramacho, in the municipality of Duque de Caxias in metropolitan Rio de Janeiro. The fieldwork was carried out in an association of catadores in the area close to the Jardim Gramacho neighborhood landfill. The recycling economy is analyzed in terms of the various practices by which the catadores recreated the value of things in a specific circuit of commerce. An analysis of the activities and challenges that characterized the management of the catadores’ organization, which involved dynamic interpersonal relationships and was permeated by conflicts, provides the context for a reflection on formalization of this category of workers following the introduction of a new regulatory framework. During the study, the ethnographic universe underwent a transition as a result of the closure of the landfill and the consequent ending of the catadores’ activities there. In light of this, the study focuses on the political activity of the leaders and the negotiations surrounding the closure of the landfill from the perspective of the issues associated with representation. Performance emerges as the conceptual key to the analysis of the way the catadores acted during a dispute in which visibility was one of the main resources and instruments available to support their struggle. Finally, the thesis reflects on the reorganization of waste management in Rio de Janeiro by placing the management standard adopted in context and considering its relations to the development models that are a feature of capitalism in the 21st century.

Keywords:

collectors of recyclable materials; waste management; recycling; associations; cooperatives

Orientador:

MARCO ANTONIO TEIXEIRA GONCALVES