Banca examinadora

Profa. Glaucia Villas Bôas
Profa. Santaza Cambraia Naves

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar os processo de identificação suscitados pela banda do rock Legião Urbana em indivíduos que estabelecem contato com sua produção artística em momentos distintos. Surgida em 1982, em Brasília, e tornando-se, posteriormente, uma das principais bandas do que convencionou chamar “rock brasileiro dos anos 80”, a Legião Urbana encerrou sua trajetória artística em 1996, depois da morte de seu vocalista e letrista Renato Russo. No entanto, suas canções continuam fontes de reconhecida identificação por parte dos jovens que conheceram a banda após o seu término. Interpretar as características centrais da obra, bem como os motivos pelos quais ela se propaga para além dos limites de sua trajetória artística, constitui outro objetivo central deste trabalho. Além disso, o trabalho mostra como se estabelece a identidade de legionário, construída e compartilhada pelos fãs da banda, demonstrando, através da análise das representações dos fãs, a importância que as canções assumem na constituição de suas experiências e subjetividades. As análises realizadas concentram-se, ainda, nas representações dos legionários a respeito de Renato Russo. Com isso, dimensiona-se o papel ocupado pelo ídolo na transmissão de experiências para os jovens, bem como no desenvolvimento de processos de autoconhecimento, ambos mediados pelas letras da canção. Por fim, verifica-se como os fãs recorrem a representações positivas para explicar a admiração em relação ao artista., negando a imagem estereotipada que o senso comum atribui às relações sociais existentes entre fãs e ídolos.

Palavras-chave: Música; Juventude; Experiência; Identidade; Geração.

ABSTRACT

The present work aims to analyse the identification processes raised by the rock band Legião Urbana in individuals that establish contact with its artistic production in different moments. Legião Urbana burst in 1982 in Brasília, later it became one of the most important bands of what was conventionally called “brazilian rock of the eighties” and its artistic track ended in 1996, after the death of its vocalist and composer Renato Russo. However, their songs continue to be a ecognized source of identification by youths who became familiar with the band after its end. Another central objective of this study is to interpret the central characteristics of the band’s work, as well as the reasons why it extends itself beyond the limits of its artistic track. Besides, the present work shows how the identity of the legionary is stablished, being constructed and shared by the fans of the band, demonstrating, through the analysis of the representations of the fans, the importance that the songs assume in the constitution of their experiences and subjectivities. The accomplished analyses are also concentrated on the legionaries representations with respect to Renato Russo. With that, the dimensions of the role of the idol in the processes of experience transmission to the youths and of development of self-knowledge, both mediated by the song letters, are stablished. Finally, it is verified how the fans appeal to positive representations in order to explain their admiration for the artist, denying the stereotyped image attributed by the common sense to the social relationships existent between fans and idols.

Key-words: Music; Youth; Experience; Identity; Generation.