Banca examinadora

Alice Rangel de Paiva Abreu
Bila Sorj
Marco Aurélio Santana
José Ricardo Garcia Pereira Ramalho

Resumo

Tradicionalmente homens e mulheres têm-se inserido em profissões e /ou ocupações cuja a natureza do trabalho possui uma estreita relação com a representação social dominante do feminino e do masculino presente nas relações sociais.

Este trabalho procurou refletir sobre as relações de gênero no mundo do trabalho sob uma nova perspectiva: a da participação feminina em profissões masculinas. Para tal, elegi como objeto de investigação uma profissão que foi exclusivamente masculina por quase trinta anos, a de operador de produção de refino de petróleo. Nosso objetivo foi o de compreender como ocorreu o processo de adaptação e interação de ambos os sexos em um ambiente, até então, freqüentado apenas pelo sexo masculino. A análise da inserção de mulheres em profissões exclusivamente masculinas implicou na observação do processo das interações, profissionais e informais, no ambiente de trabalho, com o intuito de percebermos como os gêneros constróem sua representação sobre a ocupação de operador, sobre as tarefas e sobre as habilidades necessárias à sua execução.