Banca examinadora:

Bernardo Sorj
Michel Misse
Maurício Lissovsky

RESUMO

O presente estudo analisa as ações de inclusão digital realizadas pela ONG Viva Rio na favela da Rocinha na cidade do Rio de Janeiro. Nele são identificados as várias formas de inclusão digital disponíveis na América Latina e no Caribe, bem como no Brasil. Tais experiências são discutidas à luz do referencial teórico relacionado com a Sociedade em rede, de Manuel Castells. Os dados coletados em campo, indicam a existência de relações significativas entre as ações de inclusão digital e o aumento de participação comunitárias dos usuários das novas tecnologias, contrário ao que se poderia imaginar. A forma como essas ações influenciam a vida das pessoas é mostrada na seqüência dos capítulos que compõem o estudo. No seu conjunto, eles buscam responder ao desafio central da pesquisa: oferecer uma contribuição sistematizada para a compreensão do atual estágio alcançado pela ONG Viva Rio no equacionamento do binômio exclusão/inclusão digital