Resumo:

Esta dissertação aborda o trabalho das cuidadoras de idosos que tem seus serviços agenciados por uma empresa de cuidado localizada no centro da cidade do Rio de Janeiro. O objetivo da pesquisa é compreender o trabalho destas mulheres no que diz respeito à tensão entre, de um lado, as expectativas das cuidadoras e as tendências estruturais de formalização e profissionalização do cuidado e, de outro, o caráter ativo, por parte da empresa, na construção da imagem das cuidadoras enquanto empreendedoras de valores associados à reciprocidade e à família. Mais do que contrastar essas duas feições do trabalho de cuidado, buscar-se-á entender como elas se interpenetram e como é possível que coexistam. Para tal, parto da ideia que é preciso levar em conta duas dimensões deste trabalho: a primeira, de que se trata de um trabalho feminino e que sua compreensão imprescinde de uma análise sobre a divisão sexual do trabalho e; a segunda, de que está inserido num contexto de mudanças no mundo do trabalho onde se percebe, no Brasil, o aumento do trabalho formal e, mais especificamente, do trabalho intermediado, o que não necessariamente resulta em um cenário de garantia de direitos do trabalho.

Palavras-chave:

Cuidado; trabalho intermediado; trabalho feminino; profissionalização

 

Abstract:

This dissertation discusses the work of caregivers of the elderly who have provided their services for a care company located in downtown Rio de Janeiro. The objective of the research is to understand the work of these women with regards to the tension between, on the one hand, the expectations – by the caregivers – and trends – that are structural – of formalization and professionalization of care and, on the other, the active character, by the company, in building the image of the caregivers as carriers of values associated with reciprocity and family. More than contrasting these two features of care work, I will seek to understand how they intertwine and can coexist. To do this, I start from the idea that one must take into account two dimensions of this work: First, that it is a women’s work and, because of this, it’s necessary to take into account the sexual division of labor and; Second, that is inserted in a context of changes in the working world where we can see, in Brazil, the increase in formal employment and, more specifically, the intermediated work, which does not necessarily result in a scenario of labor rights guarantees.

Keywords:

Care; job intermediation; feminine labor; professionalization