Banca examinadora

Profa. Maria Ligia Barbosa (Presidente)
Profa. Maria Helena Magalhães Castro
Profa. Liliam Fernandes Oliveira

Resumo

Este estudo discute a expansão do ensino superior no Brasil através da análise de seu desenvolvimento ao longo da história e analisa os conceitos de profissão e do processo de profissionalização de acordo com FRIEDSON (1994) e LARSON (1977), principalmente. Apresenta uma análise histórica do processo de profissionalização da fisioterapia e da expansão dos curso de graduação e uma análise de como a educação superior pode produzir desigualdades a partir de diferentes condições de oportunidades de acesso e, conseqüentemente, de conquistas. Apesar da expansão do ensino superior dos últimos 10 anos, os curso de graduação em fisioterapia apresentam-se com ociosidade de vagas ocupada até 2003. Um estudo empírico foi realizado com acadêmicos de fisioterapia e fisioterapeutas no qual observou-se uma tendência aa percepção de mercado de trabalho saturado e redução de oportunidades de emprego para categoria,e entretanto, observa-se que há um aumento da diversificação das áreas de atuação para este profissional, assim como o aumento do número de entidades representativas.

Palavras-chave: ensino superior, mercado de trabalho, profissão e processo de profissionalização.