Banca examinadora

Maria Laura Viveiros de Castro Cavalcanti
Federico G. Neiburg
Márcia Contins
Yvonne Maggie
José Reginaldo Santos Gonçalves


Resumo

Análise dos dilemas e tensões identitários do Islam no Brasil, tomando como referencial empírico uma comunidade muçulmana que pertence ao ramo sunita do islamismo, na cidade do Rio de Janeiro. Partindo de um conceito de identidade social como projeto, esta tese tenta compreender as escolhas desse grupo dentro do repertório possível de fontes e discursos de identidade que permeiam o Islam como um todo. Procura-se sustentar que existem,nessa construção de identidade, dois dilemas fundamentais: arabismo ou islamização e reconhecer ou não o “fundamentalismo” como categoria de auto-adscrição. Ao mesmo tempo, ambos os dilemas se relacionam com certos discursos de autenticidade elaborados pelo quadro intelectual dessa comunidade. Esses discursos se referem à história do Islam no Brasil e à busca da presença muçulmana na “arquitetura islâmica” da cidade do Rio de Janeiro. Como tais, essas construções discursivas tentam enquadrar uma memória para focalizar essa tradição religiosa no âmbito local.

ABSTRACT

An analysis of the dilemmas and identity pressures affecting Islam in Brazil, taking as as empirical reference point a Moslem community belonging to the Sunnite branch of the Islamic religion in the city of Rio de Janeiro. Based on a concept of social identity as a project, this thesis attempts to understand the choices of this group whithin the possible repertory of identity sources and discourses that pervade Islam as a whole. We seek to uphold the view that in this building of identigy there are two basic dilemmas. Arabism or Islamization, and the fact of recognizing “fundamentalism” as a self-created category or not. At the same time, both dilemmas are related to certain discourses of authenticity developed by this community’s intellectual leaders. These discourses refer to the history of Islam in Brazil and the search for moslem influence in the “Islam architecture” in the city of Rio de Janeiro. As such, these logical constructions attempt to make use of a “memory” in order to place this religious traditions within the local environment.