Luiza Borges Dulci

Resumo:

A tecnologia é variável fundamental para a compreensão da história das instituições bancárias. Tendo como o foco o estudo da automação bancária no Brasil do século XXI, este estudo dá ênfase às ações do capital (via Febraban) e do trabalho (via Contraf-CUT) e constrói um mapa de suas movimentações, estratégias e táticas. O trabalho também contempla o estudo das motivações, das justificativas e dos impactos recíprocos de suas ações. A pesquisa foi alicerçada em diversos documentos, orais, textuais e virtuais, produzidos pelas duas entidades de classe e o material coletado nas entrevistas. Seguindo esse caminho foi possível analisar o papel da automação nas transformações da relação do banco com os clientes; da rotina de trabalho nos bancos; das relações de poder no ambiente bancário; e da dinâmica do mercado de trabalho no ramo financeiro.

Palavras-chave:

Tecnologia; bancos; sistema financeiro; relações de trabalho.

Abstract:

Technology is a fundamental variable to the comprehension of banking institutions` history. By focusing the study at banking automation at the Brazilian XXIst century, the present work emphasizes the paths of capital (through Febraban) and labour`s (through Contraf-CUT) side and constructs a map with the movements, estrategics and tactics of both. The work also analizes their motivations, justifications e impacts of these actions on one another. The research has been accomplished by the examination of documents, texts, orals and virtual material, produced by both class entities in question, as well as the material colected during the interviews. Following this path, it was possible to analize the role of the automation processes on the transformations associated to the relation between banks and their clients; the routine of work within banks; the power relations in question; and, last but not least, the financial labour market`s dynamics.

Keywords:

technology; banks; financial system; labour relations

Orientador:

MARCO AURELIO SANTANA