Banca examinadora

Prof. Luiz Antonio Machado da Silva, Presidente,
Prof. Michel Misse
Profa. Márcia da Silva Pereira Leite


Resumo

Esse trabalho se propôs a analisar um foco que, de forma geral, permanece quase imperceptível aos grupos sociais: as pessoas que estão do “lado de fora” do sistema penitenciário, ou seja, os familiares de preso. Esses atores são quase “ocultos”, não só às políticas efetuadas pelo Sistema de Justiça Criminal estadual, como também aos diferentes grupos sociais. O foco do sistema penal, na maioria das vezes, é o preso. Já o familiar, em raras ocasiões, se torna motivo para discussão e reflexão.

O objetivo geral dessa pesquisa foi analisar o impacto do sistema penitenciário no cotidiano das pessoas que possuem membros da família cumprindo pena restritiva de liberdade no Rio de Janeiro, com ênfase nas narrativas desses indivíduos sobre o sistema penal desse estado. Também se constituiu como meta desse trabalho a análise da legislação do sistema penal voltada aos familiares de presos. Como terceiro objetivo, esse estudo buscou acompanhar um projeto desenvolvido por três organizações da sociedade civil do Rio de Janeiro voltado aos familiares de presos.