Este trabalho tem como objeto as tensões que marcam casos e disputas sobre o Aborto no Brasil. Tal temática tem gerado acalorados debates – revelando cosmologias e gramáticas dos grupos que se articulam e se confrontam em torno da questão. Aqui são abordados alguns dos principais eventos que marcaram o assunto entre os anos de 2007 e 2010, o que permite explorar as diferentes retóricas que caracterizam os dramas sociais sobre o Aborto. São utilizadas, como base empírica, entrevistas de mulheres e homens que vivenciaram situações de aborto e, também, o acompanhamento de manifestações e audiências públicas – na Câmara dos Deputados e no Supremo Tribunal Federal –, bem como material obtido em diferentes fontes dos meios de comunicação. As narrativas sobre os eventos se entrelaçam e, do início ao fim do trabalho, repetem as mesmas questões e expõem os mesmos conflitos e antagonismos em diferentes contextos – permitindo observar as articulações, interesses e ideologias que compõem o debate sobre o Aborto no Brasil dentro do período estudado.

 

Banca examinadora:
Profa. Mirian Goldenberg, Presidente
Profa. Yvonne Maggie
Prof. Michel Misse
Prof. Arno Vogel
Prof. Marco Antonio da Silva Mello