Resumo:

Essa dissertação, que é guiada pela temática “sociabilidade e transformações espaciais”, busca explorar as representações sobre o espaço e as estratégias de elaboração e reelaboração das formas de socio-espacialidade em contextos de transformação espacial, a partir da literatura sobre os Awá-Guajá, povo falante de uma língua classificado no tronco Tupi, habitante da pré-Amazônia brasileira, localizada na porção noroeste do estado do Maranhão. Basicamente, ao se olhar para a literatura já produzida sobre este grupo, busca-se encontrar respostas para o seguinte questionamento: “Se o espaço é um importante operador da socialidade Awá-Guajá, como essa socialidade é elaborada e reelaborada a partir de contextos de transformação espacial?

Palavras-chave:

Awá-Guajá;Espaço;Memória;Socio-especialidade;Paisagem

Abstract:

This essay, wich is guidade by “sociality and spatial transformation” issues, intends to explore the representations reguarding space and strategies for elaboration and reenlaboration of the forms of social-spactiality in contexts of spatial changes, form the literature on Awá-Guajá, spearkers of language the is classified as part the Tupi root, inhabitants of the Brazilian pre-Amazon, located in the northwest area of the State of Maranhão. Basically, analysing material already produced related to this group, we intend to find answers for the following questioning: “If the space is an important operator of the sociality Awá-Guajá, how is this sociality elaborated and reelaborated form contexts of spatial changes? And wich are the effects of these process on the social organization forms?

Keywords:

Awá-Guajá;Space;memory

Orientador:

ELSJE MARIA LAGROU