Rodrigo Salles Pereira dos Santos

Banca examinadora

Profª Elina Pessanha, Presidente
Profª Neide Esterci
Profª Alice Abreu
Prof. Cristiano Fonseca Monteiro
Prof. Marcelo Domingos Sampaio Carneir


Resumo

Esta tese toma como seu tema o desenvolvimento econômico e como objeto de pesquisa a siderurgia. Ambos, tema e objeto, por suas características particulares, produzem transformações sociais estruturais nos territórios nos quais estão implantados. Este trabalho trata especificamente das regiões sídero-logísticas da Amazônia Oriental e do Rio de Janeiro. Estes espaços são atualmente privilegiados, da perspectiva da atratividade territorial de operações sídero-logísticas, por processos complementares de desintegração geográfica e integração em rede das atividades produtivas dos principais agentes econômicos do setor siderúrgico. A tese propõe também, uma abordagem socioantropológica de seus tema e objeto, ao apreender o desenvolvimento econômico, em particular, e as relações econômicas, em geral, como fenômenos culturais complexos, envolvendo estruturas ou metacampos de agentes econômicos e não econômicos – indivíduos, grupos, organizações e instituições políticos e sociais. A siderurgia, pela magnitude de seu potencial de transformação social, engendra, assim, metacampos sídero-logísticos dentro dos quais se defrontam, em múltiplas escalas, agentes dotados de recursos diversificados e conversíveis, com capacidades mútuas de determinação, condicionamento e influência sobre suas ações.