Resumo:

Esta tese tem por objetivo examinar a formulação de projetos de jovens alunos de duas escolas públicas de ensino médio localizadas na zona norte do Rio de Janeiro. Por meio do uso dos conceitos de projeto e campo de possibilidades (Velho,1994[1981]) busquei compreender a partir da descrição de suas trajetórias e perspectivas futuras como os alunos organizam suas condutas a fim de atingir finalidades especificas. A partir das observações e entrevistas realizadas pude compreender que uma “boa escola”, tal qual considerada pelos alunos, seria uma escola que promovesse a participação destes possibilitando o desenvolvimento de suas múltiplas habilidades (nem sempre reconhecidas e trabalhadas). Nem todos os alunos querem ou vislumbram a universidade como universo de desejo. Mesmo os que vislumbram, como no caso da maior parte dos que foram entrevistados, demonstram outras possibilidades de trilhar caminhos seja pela dança, teatro ou ações sociais desenvolvidas para a comunidade A escola é um caminho possível, mas não o único caminho. A pesquisa foi realizada entre os anos de 2011 e 2015. As descrições e conclusões estão baseadas nas entrevistas sobre a trajetória de vida dos alunos bem como a observação participante nas duas escolas.

Palavras-chave:

escola; etnografia; desigualdade; projetos; campo de possibilidades.

Abstract:

This thesis aims to examine the development of young students projects two high school public schools located in the north of Rio de Janeiro. Through the use of design concepts and possibilities field (Velho, 1994 [1981]) tried to understand from the description of their careers and future prospects how students organize their behavior in order to achieve specific purposes. From observations and interviews I understood that a “good school”, as it considered by students, would be a school that promotes the participation of these enabling the development of its multiple skills (not always recognized and worked). Not all students want or envision the university as desire universe. Even looking out, as in the case of most who were interviewed, showed other possibilities to tread paths or through dance, theater or social actions developed for the community The school is one possible path, but not the only way. The survey was conducted between the years 2011 and 2015. The descriptions and conclusions are based on interviews about the history of life of students and participant observation at the two schools.

Keywords:

students, school, projects

Orientador:

YVONNE MAGGIE