UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

Departamento de Sociologia e Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA)

Disciplina: ‘A justificação’: O percurso de uma obra, o percurso de uma abordagem (juntamente com a graduação) – Códigos: e FCS732/832 (PPGSA) e FCB619 (Bacharelado)

Professor: Alexandre Werneck

Para a versão em PDF, clique aqui

Ementa: O objetivo desta disciplina, oferecida ao mesmo tempo para a graduação e para a pós-graduação, é dissecar o livro ‘A justificação: Sobre as economias da grandeza’, de Luc Boltanski e Laurent Thévenot, obra-chave da abordagem conhecida como sociologia pragmática da crítica, neste momento sendo lançado no Brasil, por meio de sua leitura capítulo a capítulo e de textos fundamentais para sua construção.

Observação: A bibliografia do curso será centrada na edição brasileira do livro, no prelo para publicação pela Editora da UFRJ, mas contará com obras em outras línguas, especialmente em inglês e francês.

1) Da sociologia crítica à sociologia da crítica 

BOURDIEU, Pierre. “Esboço de uma teoria da prática”. In: Ortiz, Renato (org). A sociologia de Pierre Bourdieu. São Paulo, Ática, 1983, pp. 46-81.

BOLTANSKI, Luc. “Sociologia crítica e sociologia da crítica”. In: Vandenberghe, Frédéric; Véran, Jean-François (orgs). Além do habitus: Teoria social pós-bourdieusiana. Rio de Janeiro, 7Letras, 2015, pp. 129-154. 

 

2) Prefácio: Como escrevemos este livro

THÉVENOT, Laurent. (1979), “Une jeunesse difficile: Les fonctions sociales du flou et de la rigueur dans les classements”. Actes de la Recherche en Sciences Sociales. vol. 26-27, pp. 3-18.

BOLTANSKI, Luc. (1987[1982]), The Making of a Class: Cadres in French Society. Cambridge, Cambridge University Press, trechos: “Introduction 1: One Man’s Story” (pp. 1-26) e “Conclusion: The Coesion of a Fluid Group” (pp. 279-296).

BOLTANSKI, Luc; THÉVENOT, Laurent. (1983), “Finding One’s Way in Social Space: A Study Based on Games”. Social Science Information, vol. 22, n. 4-5, pp. 631-680.

 

3) Capítulo 1: As ciências sociais e a legitimidade do acordo

BOLTANSKI, Luc. “Aquello de que la gente es capaz”. In: El amor y la justicia como competencias: Tres ensayos de sociología de la acción. Buenos Aires, Amorrotu, 2000.

 

4) Capítulo 2. A fundamentação do acordo na filosofia política: O exemplo da cité mercantil

RASANVALLON, Pierre. (2002), O liberalismo econômico: História da ideia de mercado. Florianópolis, Edusc, Parte 1.

 

5) Capítulo 3. Ordens políticas e um modelo de justiça

WERNECK, Alexandre. (2018), “Sobre a cité hedonista: Uma ordem de grandeza baseada no prazer e na alegria”. In: Corrêa, Diogo Silva; Chartain, Laura; Cantu, Rodrigo; Leal, Sayonara (orgs). Crítica e pragmatismo na sociologia: Diálogos entre Brasil e França. São Paulo, Annablume, pp. 89-116.

 

6) Capítulo 4. As formas políticas da grandeza

 BOLTANSKI, Luc e THÉVENOT, Laurent. “A sociologia da capacidade crítica”. Antropoliticas, n. 23, 2009.

 

7) Capítulo 5. O julgamento submetido à comprovação

SCOTT e LYMANN: “Accounts”. Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, Vol. 2, n. 2, 2008[1968].

HIRSCHMAN, Albert. Saída, voz e lealdade: Reações ao declínio de firmas, organizações e Estados.

8) Capítulo 6. A apresentação dos mundos

 

9) Capítulo 7. O conflito entre os mundos e a colocação do julgamento em questão

  

10) Capítulo 8. O quadro das críticas

BOLTANSKI, Luc. “La denuncia publica”. In: El amor y la justicia como competencias: Tres ensayos de sociología de la acción. Buenos Aires, Amorrotu, 2000.

 

11) Capítulo 9. Os compromissos em nome do bem comum

 

12) Capítulo 10. Figuras do compromisso

 

13) Capítulo 11. A relativização

FREIRE, Jussara. “Agir no regime de desumanização: Esboço de um modelo para análise da sociabilidade urbana na cidade do Rio de Janeiro”. Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, Vol. 3, n. 10, 2010.

WERNECK, Alexandre. A desculpa: As circunstâncias e a moral das relações sociais. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 2012.

 

14) Posfácios: ‘Rumo a uma pragmática da reflexão’ (original) e ‘Críticas e justificações de ‘A justificação’’ (à edição brasileira)

 

BOLTANSKI, Luc. La souffrance à distance: Morale humanitaire, médias et politique. Paris, Metaillié, 1993.

BOLTANSKI, Luc e CHIAPELLO, Éve. “A força da crítica”. In: O novo espírito do capitalismo. São Paulo, Martins Fontes, 2009.

THÉVENOT, Laurent. La acción en plural: Una introducción a la sociología pragmática. Buenos Aires, Siglo XXI, 2016.