Maria Raquel Passos Lima

e-mail | currículo lattes | orientador: Marco Antônio Teixeira Gonçalves

PORTUGUÊS ENGLISH ESPAÑOL

Os discursos ecológicos em torno do “desenvolvimento sustentável” e da “reciclagem” vêm ganhando cada vez mais força e espaço na mídia, entre a sociedade civil e nas agendas das políticas públicas. Mas como a reciclagem e os (re)usos dados ao lixo produzido nas cidades são realizados na prática? Com esse pano de fundo, a pesquisa de doutorado tem como foco etnográfico uma associação de catadores de materiais recicláveis localizada no bairro de Jardim Gramacho, área que, em função do desenvolvimento de um “lixão” posteriormente transformado em aterro controlado, vem recebendo, há mais de três décadas, grande parte dos resíduos de toda a Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Entre o vazadouro de lixo e a indústria recicladora, existe o trabalho dos catadores, cuja atividade é parte estrutural da cadeia que possibilita e viabiliza o fenômeno da reciclagem no contexto brasileiro. Ao acompanhar o cotidiano desta associação, e as práticas políticas, econômicas e culturais constitutivas deste universo, a análise busca pôr em relevo algumas das relações sociais e simbólicas em jogo, nas quais imagens, materialidades, instituições e atores heterogêneos articulam uma dinâmica complexa.
Todas as fotos são da autora da pesquisa.