Eloísa Martín



PORTUGUÊS ENGLISH ESPAÑOL

Projetos em andamento

Diálogos de Irmãos: Trânsitos, Intercâmbios e Influências mútuas entre Argentina e Brasil no âmbito das Ciências Sociais

Essa pesquisa procura descrever e analisar as interlocuções (formais e informais) entre pesquisadores argentinos e brasileiros no campo das Ciências Sociais (Sociologia e Antropologia), com o intuito de identificar os trânsitos, intercâmbios e influências mútuas. O ponto de partida é a questão sobre as políticas acadêmicas na produção de saber e a internacionalização das Ciências Sociais brasileiras, em relação às potências acadêmicas hegemônicas (EUA, França e Inglaterra) e aos países da América Latina, especificamente, à Argentina. A nossa hipótese é que a comunidade científica brasileira, apesar do privilegio que outorga aos intercâmbios com os centros acadêmicos hegemônicos, exerce uma crescente influência nas comunidades científicas periféricas, oferecendo recursos para pesquisa, atraindo alunos de pós-graduação, financiando publicações e conferências regionais, etc. Assim, o Brasil tem se consolidado como um pólo de atração para alunos de pós-graduação e pesquisadores de toda América Latina e, dentre eles, os argentinos.

Publicações selecionadas:

“The History”. In: Pablo Vila. (Org.). Troubling Gender: Youth and Cumbia inArgentina’s Music Scene. Philadelphia: Temple Universtiy Press, 2011.

“Religion in the Practice of Daily Life in Latin America” In: Richard D. Hecht; Vincent F. Biondo. (Org.). Religion and Everyday Life and Culture. Religion in the Practice of Daily Life in World History. Santa Barbara, CA: Praeger, 2010.

“From Popular Religion to Practices of Sacralization: Approaches for a Conceptual Discussion”. Social Compass 56 (2): 2009. http://scp.sagepub.com/content/56/2/273.full.pdf+html

 “Cumbia, birra, faso. Em torno das possibilidades políticas de um gênero musical na Argentina contemporânea” In: Claudia Fonseca; Jurema Brites. (Org.). Experiências Culturais e Possibilidades Políticas: perspectivas etnográficas da participação. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2006.

“La doble de Gilda. O cómo, cantando cumbias, se hace una santa popular”. In: Daniel Miguez, Pablo Semán. (Org.). Entre santos, cumbias y piquetes. Las culturas populares en la Argentina reciente. Buenos Aires: Biblos, 2006.